sábado, 19 de novembro de 2011


Querida estrelinha,
Sinto muitas saudades suas, ficas ainda mais linda na companhia dessa lua e com o som desse mar a minha frente, eu tenho que te confessar um desejo, queria muito te abraçar bem forte e sentir o teu cheiro familiar, mas nós dois sabemos que isso não é possível, ha não ser nos meus sonhos, onde tudo pode acontecer, e como eu aprendi contigo nada é utópico quando você quer e se esforça para conseguir algo. Não posso terminar esta pequena carta com despedidas, porque isto não é uma, sei que você está comigo em todos os momentos, até mesmo quando ofuscada pela luz do sol. Minha querida estrelinha, você tem muito o que brilhar nesse novo lugar que habita, só me espera um pouquinho que um dia vou brilhar junto a ti, e te dizer todos os dias o que eu já digo aqui, eu te amo Pai.


Gaby Dantas

2 comentários:

  1. teus textos estão cada vez mais lindos.

    ResponderExcluir
  2. Tive o prazer de descobrir o seu Blog hoje. Já sinto-me um viciado em seus textos. Parabéns! Dá uma passadinha no meu, espero que goste: www.wandeilsonlucena.blogspot.com ;P

    ResponderExcluir