terça-feira, 18 de janeiro de 2011


A porta já está trancada
mas a janela vai ta sempre aberta
Não precisa de escadas
Só de nossas velhas cobertas
Não precisas trazer nada
Só você mesmo
Que dou-me inteiramente por satisfeita

E se o medo e a coragem lhe falharem
Apoia em minha mão
Te guiarei no escuro
Porque contigo nem o obscuro da noite me amedronta
Nada me oscila
Pois é o amor que me guia.

Gaby Dantas

Nenhum comentário:

Postar um comentário